Customizando o IPython

Dias atrás estive tentando descobrir como trocar o prompt-padrão do IPython [1]. Para quem não sabe, o prompt-padrão de comandos do IPython é:

In [x]:

Onde x é um contador de entradas fornecidos pelo usuário. O que eu queria era substituir tal prompt pelo prompt padrão do shell Python:

>>>

Para isso, é preciso antes criar um perfil de configurações de usuário para o IPython, com o comando (em um shell Linux):

$ ipython profile create

Assim, será criado um diretório com as configurações do IPython em seu diretório de usuário, onde está armazenado o arquivo de configurações ipython_config.py (no meu caso está em ~/.config/ipython/profile_default/ipython_config.py).

Para substituir o prompt do IPython, procure pela linha com o seguinte conteúdo dentro do arquivo de configurações e descomente-a:

# c.PromptManager.in_template = 'In [\\#]: '

Após descomentar tal linha, substitua o valor ‘In [\\#]: ‘ por ‘>>> ‘, para que tal linha fique como a linha abaixo:

c.PromptManager.in_template = '>>> '

Uma coisa que acho irritante é o IPython sempre pedindo confirmação quando desejo fechá-lo, após ter pressionado ^-d. Para evitar que ele pergunte se você deseja mesmo fechá-lo, basta descomentar a seguinte linha no mesmo arquivo e trocar o valor True para False:

# c.TerminalInteractiveShell.confirm_exit = True

A linha deverá ficar assim:

c.TerminalInteractiveShell.confirm_exit = False

Além dessas, existem muitas coisas que podem ser personalizadas no IPython. Você pode vê-las comentadas no arquivo supracitado. Para personalizar outros aspectos relacionados ao prompt de comandos, vá até a seção “PromptManager configuration” do arquivo e altere de acordo com o seu gosto.

[1] http://ipython.org

3 comentários sobre “Customizando o IPython

  1. Tem: $ alias ipython=”python” 😛
    HAU! Pois é, o startup leva uns 3 segundos quando o ipython não está na cache, no meu computador. Mas, esse tempo é compensado se for uma sessão de uso que não se limite a um só comandinho pra tirar alguma dúvida. Nesses casos, só pra rodar um comandinho, acabo usando o shell padrão mesmo.

    Se tá usando python diariamente, poderia colocar o ipython pra ser iniciado automaticamente em uma das abas do guake.

  2. Pingback: Sintonia fina do IPython | Python Help

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s